O açaí diminui o colesterol?

A menos que você viva em uma realidade paralela, provavelmente já ouviu que ter colesterol alto é ruim. Dizem na TV, no rádio, em muitos sites da internet.. Mas o que é verdade nisso? Você pode fazer algo a respeito por meio da dieta? E acima de tudo, o consumo regular de açaí pode diminuir o colesterol?

Vamos responder a essas questões polêmicas hoje e vamos descobrir um dos maiores mitos da dieta. Talvez quando você terminar de ler este artigo, sua percepção sobre a importância do perfil lipídico tenha mudado. Também vamos mostrar como o açaí, e outras frutas com alto teor de antioxidantes, podem ajudar a função cardiovascular e influenciar o colesterol. Não o perca. 

O que é colesterol? 

O colesterol é um conjunto de lipoproteínas que têm fundamentalmente uma função, transportar moléculas de gordura de um ponto a outro do corpo através do sangue. O colesterol é comumente dividido em HDL (bom) e LDL (ruim), embora ambas as conotações sejam totalmente equivocadas. Existem outras subdivisões que estão em menor proporção, mas não gozam de muita fama.

O interessante de toda essa questão é que, embora um aumento do colesterol no sangue tenha sido associado a um aumento do risco de doenças cardiovasculares ao longo do século 20, os estudos atuais começam a lançar dúvidas sobre essa associação. Mas ainda há mais. Durante anos, a ingestão de alimentos ricos em colesterol dietético também foi restringida, uma vez que se afirmava que eram capazes de afetar negativamente os valores do perfil lipídico sanguíneo, podendo ocasionar também a diabetes no indivíduo. 

Se você já ouviu falar que ter colesterol acima de 200 é ruim e que precisa tomar

um comprimido para o resto da vida, espere um minuto. Vamos oferecer-lhe outro ponto de vista apoiado pela ciência. 

De acordo com pesquisa publicada na revista Nutrients, o consumo de alimentos com alto teor de colesterol não apenas não modifica substancialmente os valores das lipoproteínas no sangue, mas também não afeta adversamente o risco cardiovascular. 

Então, o colesterol não é ruim?

A resposta a esta pergunta é simples: NÃO. Pelo menos não como foi concebido até alguns anos atrás. Atualmente, está sendo investigado se uma pequena fração do colesterol LDL que é suscetível à oxidação e conhecida como VLDL pode influenciar no risco de desenvolver problemas cardiovasculares. No entanto, os ensaios atuais não são capazes de fornecer resultados consistentes no momento.

Até agora respondemos a duas questões fundamentais. O colesterol dietético não afeta significativamente o perfil lipídico, e este não está intimamente relacionado com doenças cardiovasculares. Agora você deve estar se perguntando o que o açaí pinta em tudo isso. 

A importância dos antioxidantes no açaí

Como já mencionamos, o risco cardiovascular passa a ser atribuído (além de outros fatores) à taxa de oxidação daquela pequena fração do colesterol conhecida como VLDL. Esse processo pode ser interrompido por meio de dieta, incluindo alimentos ricos em antioxidantes.

É aqui que aparecem o açaí, fornecido pelas distribuidoras de açaí, e as antocianinas que ele abriga. Esses pigmentos, capazes de lhe conferir uma coloração púrpura profunda, podem bloquear o aparecimento de radicais livres, bem como a oxidação de lipoproteínas. Desta forma, o perfil lipídico é melhorado (não em número, mas em funcionalidade) e o risco de desenvolver doenças cardiovasculares é reduzido.

Então, o açaí reduz o colesterol? 

Levando em consideração o que foi explicado, comer açaí ou outras frutas com alto teor antioxidante (mirtilos) não reduzirá os níveis de colesterol, mas evitará que as lipoproteínas se oxidem e sua função seja afetada. No momento em que o colesterol perde sua funcionalidade, ele se torna suscetível a se acumular e causar sérios problemas como a aterosclerose. 

Tome açaí e melhore seus hábitos 

É claro que, para reduzir a incidência de doenças cardiovasculares, é preciso modificar alguns hábitos de vida . O sedentarismo, o consumo de gorduras trans, a obesidade e os açúcares simples aumentam a prevalência dessas doenças.

Para prevenir problemas cardiovasculares, além de mudar seus hábitos de vida, você pode incluir o consumo de açaí em sua dieta. 

Ao melhorar todos esses fatores, você pode reduzir ainda mais o risco de tal problema, aumentando a ingestão de antioxidantes. E que melhor maneira de atingir esse objetivo do que comendo açaí? Combine esta fruta exótica com outras bagas para obter uma boa dose de fitonutrientes que o ajudam a melhorar a sua saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *